sexta-feira, fevereiro 25

Greve dos professores é legítima sim.


Acessando o blog de Fabiano Bluz essa manhã, vi o comentário de um anônimo que sugeri que os professores da rede municipal, em estado de greve, pesquisem os exemplos de escolas simples e desestruturadas que deram certo.

Sinto-me provocado a dizer a esses mesmos professores que não acatem esse conselho. Nós moradores das periferias dessa cidade e herdeiros da coragem e valentia de homens e mulheres negras que suportaram todas as desgraças da escravidão, não precisamos mais tolerar miséria alguma.
Se há exemplos que precisamos seguir, esses são os do Colégio Apoio, Mendel, Portinari e tantos outros, que no final de cada ano aprovam centenas de seus alunos na UFBA. Devemos pesquisar é o que existe de estrutura nessas instalações.
Essa história de conviver pacificamente com a miséria faz parte do alicerce do Racismo Institucional. O autor desse comentário com certeza tem seus filhos matriculados na rede particular e deve ser um alto funcionário do governo, o principal responsável pela greve.
Sugiro ao nobre comentarista que pesquise o valor da arrecadação municipal, some com os investimentos do PAC, mais as emendas parlamentares que são destinadas ao município, mais o dinheiro de organizações internacionais e mais os convênios que robustecem os cofres públicos, correlacione com o estado e condição que o município se encontra e responda.
É ou não é legítima a greve dos professores?

Um comentário:

Seja breve e responsável. Não toleraremos ofensas nem agressões a terceiros.